Banana Verde

Banana Verde

A chef Priscilla Herrera comanda a cozinha do Banana Verde, restaurante vegetariano da capital paulista

Esqueça, antes de mais nada, aquela ideia de que restaurante vegetariano só tem comida estranha, ruim e sem sabor. Inaugurado em 2006, o restaurante Banana Verde é, certamente, um dos melhores lugares da capital paulista para saborear comida vegetariana de alta qualidade.

Comandado pela chef Priscilla Herrera, o local traz uma comida natural deliciosa, muito bem temperada e feita, sobretudo, com ingredientes frescos e respeito ao meio ambiente.

Durante a infância, ela viveu cercada de hortas. Mineira, descendente de italianos, as mulheres de sua família já trabalhavam há muitos anos como cozinheiras, e, decerto, serviram como grande inspiração para atuar na área. “Minha admiração por estas mulheres fortes me impulsionou a estudar gastronomia”, diz.

Ela rapidamente pegou o gosto pela culinária e, por isso, transformar o hobby em profissão foi algo bem intuitivo. Formada em gastronomia pelo Senac Campos do Jordão, hoje Priscilla tem em seu currículo grandes experiências.

A fim de aperfeiçoar seus conhecimentos, ela fez cursos no Natural Gourmet Institute e estágio no restaurante vegetariano Dirty Candy, ao lado da chef Amanda Cohen, em Nova York. 

“Me tornar cozinheira foi uma grande alegria na minha vida, mas minha avó não compreendia. Porque ter a profissão de cozinheira era um sub emprego, e não uma profissão até poucos anos atrás. Hoje, fico feliz quando ela sente orgulho do meu trabalho! Sou muito grata por presenciar este momento”.

Com uma cozinha brasileira e vegetariana, com foco principalmente em ingredientes frescos e nacionais, a chef deixa claro que a gastronomia de vegetais pode sim ser muito apetitosa; bem como proporcionar experiências tão boas quanto, ou até melhores, do que a cozinha de origem animal. “O importante para qualquer cozinheiro é, acima de tudo, sempre testar, provar, estudar, escutar os clientes e se empenhar todos os dias”.

Além disso, ela está sempre visitando novos restaurantes e feiras de comida para usar de referência, e fazendo viagens de imersão para conhecer novos ingredientes.

E é por causa de tudo isso que Priscilla é uma das peças chaves para o sucesso do Banana Verde. “A ideia surgiu primeiramente com o meu sócio, que imaginou um restaurante vegetariano com opções deliciosas e que fosse descontraído”.

Foi assim que ela recebeu o convite para fazer parte da equipe. Ainda que estivesse com receio do novo emprego, ela decidiu arriscar. No comando da cozinha do Banana Verde desde 2007, Priscilla surpreendentemente sentiu que havia encontrado o seu lugar.

“No primeiro dia de trabalho foi de fato amor à primeira vista. Me encantei com o mundo vegetariano e as possibilidades que poderiam ser criadas”.

No menu, você encontra não só opções como pães de fermentação natural e sopas, como também mais de 10 tipos de saladas orgânicas frescas. Além disso, os grandes sucessos da Casa são o Bobó de Shimeji, Risoto Vermelho e a Massa Flor de Abóbora. “Foi certamente um intenso aprendizado. Trabalhar com cozinha vegetariana e se posicionar no mercado é uma constante”.

E já que sempre temos novas coisas para aprender, Priscilla pretende seguir viajando, conhecendo novos ingredientes e sabores brasileiros. Ademais, ela pretende lançar um livro e ainda trabalhar em uma ONG de mulheres empreendedoras.


Siga: @restbananaverde / @priherrerachef

Endereço: Rua Harmonia, 278, 05435-000 São Paulo, SP

Créditos da foto em destaque: William Baglione

Leia também: Padaria Artesanal

Website | + posts

Criadora e redatora do Mulheres na Gastronomia! Sou estudante do terceiro ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo. Embora não tenha muito sucesso em minhas experiências dentro da cozinha, tenho uma paixão imensa por saborear os melhores pratos e contar histórias. Então, nada melhor do que juntar essas paixões em um mesmo lugar, trazendo pautas diferentes e interessantes, sempre com muita diversidade e diálogo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *