Jiang Pu

Jiang Pu

Jiang Pu sempre foi apaixonada por gastronomia. Queridinha do Masterchef 2015, ela compartilha sua trajetória

Jiang Pu é daquelas pessoas que conquistam uma multidão por onde passam. Nascida em Guilin, na China, mudou-se para o Brasil em 2001. Tinha apenas 12 anos, e veio acompanhada dos pais em busca de melhores oportunidades de vida. “Desde pequena gosto muito de ficar na cozinha e mexendo nas panelas. Se pensar bem, sempre quis trabalhar com comida”, conta.

Sua primeira lembrança na cozinha foi aos 4 anos, quando sua mãe precisava sair de casa para comprar algo urgente no mercado, mas tinha acabado de deixar o arroz cozinhando no fogo. “Ela me pediu para ficar de olho. Depois que minha mãe voltou, ganhei o maior elogio do mundo”.

Quando estava no colegial, o que ela mais queria era ser chef de cozinha. Contudo, na época ainda não havia muitos cursos específicos e reconhecidos para que pudesse se seguir a profissão. Por isso, prestou vestibular para estatística. “Meu pai queria uma filha estudando na USP. Então, realizei esse sonho”.

Depois que se formou, Jiang chegou trabalhar na área de estatística durante alguns anos. Vivia uma vida de escritório, com emprego fixo, muitos relatórios e uma entrada regular de dinheiro. De longe, tudo parecia ir bem. “Mas não me sentia satisfeita”. Essa certamente não era a profissão que lhe dava verdadeiro prazer e felicidade. “Eu decidi mudar de caminho”.

Então, foi aventurar-se na gastronomia. Começou a estudar por conta própria, fazendo encomendas e entregas dentro do seu círculo de amigos. A maior dificuldade era, acima de tudo, ganhar reconhecimento em restaurantes prestigiados sem ter formação na área. “Foi difícil ganhar uma vaga em um restaurante bom”, reconhece. 

Mas as motivações para continuar foram maiores. Na mesma época em que Jiang enfrentava os maiores obstáculos da, o famoso reality Masterchef Brasil abria vagas para a segunda temporada (2015). “Fiz a inscrição e fui chamada para fazer o teste. Aí comecei minha história com a gastronomia”. A cada nova prova desafiadora e muita pressão, Jiang surpreendia o trio de jurados Paola Carosella, Érick Jacquin e Henrique Fogaça com seus pratos de dar água na boca.

Terminou a competição em terceiro lugar. Mesmo sem ter vencido, seu sucesso foi estrondoso, de tal forma que ela conquistou chefs e clientes ao redor do Brasil. Dois anos depois, Jiang saiu dos estúdios da Band para ser a maestra de sua própria sinfonia. Inaugurou o Chi Restaurante, com pratos da culinária oriental de seu país de origem. “Uma tentativa de mostrar que a comida chinesa não é só yakissoba e rolinho primavera. De fato, existem outros sabores e aromas na China”

Com uma culinária voltada para o comfort food, ela procura misturar os elementos brasileiros e chineses, utilizando ingredientes típicos do Brasil, mas incorporados com temperos do país oriental. “Eu gosto muito de receitas caseiras, aquelas feitas por pessoas simples, como avós, tias e vizinhas”.

Recentemente, sua vida deu um outro giro de 180 graus com a maternidade. Mãe de Cecília e Melona, Jiang está dedicada a acompanhar o crescimento das filhas. Por isso, as atividades do Chi Restaurante encontram-se temporariamente fechadas, sem previsão de retorno.

Entretanto, mesmo sem as atividades do restaurante, Jiang continua firme e forte com seus trabalhos na gastronomia. E o Mulheres na Gastronomia mal pode esperar para o próximo capítulo de sua incrível, e tão fantástica, jornada.


Jiang no Instagram: @pu.jiang1

Foto destaque: Gabriel Reis / Ag. IstoÉ

Post anterior: Chocolate artesanal – Adriana Labarrère

Website | + posts

Criadora e redatora do Mulheres na Gastronomia! Sou estudante do terceiro ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo. Embora não tenha muito sucesso em minhas experiências dentro da cozinha, tenho uma paixão imensa por saborear os melhores pratos e contar histórias. Então, nada melhor do que juntar essas paixões em um mesmo lugar, trazendo pautas diferentes e interessantes, sempre com muita diversidade e diálogo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *