Cozinha terapêutica

Cozinha terapêutica

Em meio às adversidades da vida, Raquel Togeiro encontrou na gastronomia um refúgio para uma rotina mais prazerosa

Se tem uma coisa que Raquel Togeiro não pensava em fazer era se especializar-se em gastronomia. Fez cursos na área da saúde e recursos humanos. Cozinhava o básico do básico, o necessário para não morrer de fome e ainda assim saborear uma comidinha gostosa no dia a dia.

Tudo ia bem, até que em 2014, Raquel deparou-se com o inimaginável. Inesperadamente, sua filha, Sofia, que na época tinha apenas seis anos, passou por uma série de complicações decorrentes da catapora. Tendo que ficar internada no hospital por tempo indeterminado, Raquel pediu demissão de seu antigo emprego para ficar ao lado da filha durante o tratamento.

Felizmente, Sofia recuperou-se e recebeu alta do hospital. E então Raquel teve de lidar com outro problema: o que fazer agora, sem o antigo emprego, como garantiria sua renda, onde iria trabalhar?

“Eu comecei a pedir uma direção para Deus, e tive uma luz que eu não sei te dizer; Algo sobrenatural, inexplicável“, conta. Juntou o pouco de seu conhecimento para a culinária e decidiu vender bolo na rua, no centro da cidade de Taubaté.

Dito e feito. Comprou dez embalagens de alumínio com tampinha transparente e preparou dez bolos de chocolate. “Em 5 minutos eu vendi tudo. Fiquei super feliz e empolgada”, relembra. Por isso, seguiu investindo na coisa. Começou a pesquisar outras receitas para preparar e vender. Aprendendo na prática, sem nenhum curso de especialização, mas com muita persistência e vontade de aprender.

Ao mesmo tempo em que ficava conhecida entre as pessoas do município, Raquel ia pegando gosto pela coisa e aprimorando suas técnicas; e cada vez mais a cozinha assumia um caráter terapêutico. E foi assim até 2017: debaixo de chuva ou de sol lá estava ela com seus tupperwares cheios de delícias para adocicar o dia de alguém.

Em seguida, já com um público fiel, ela passou a vender pela internet, além de cozinhar para festas e eventos sob encomenda. A carreira alavancava. Abriu uma cantina numa faculdade da região, conhecia pessoas influentes na área e ainda teve a oportunidade de participar de programas da TV Vanguarda.

No mesmo ano, ela prestou o curso de gastronomia do Senac em Taubaté e, em 2018, em Campos do Jordão. “Eu fiz uma imersão em cozinha e fiquei lá por quatro meses. Aí me apaixonei pela gastronomia”.

Unindo suas experiências em recursos humanos e gestão de qualidade com o curso de gastronomia, Raquel deu um tiro certeiro: começou a prestar consultoria para bares, restaurantes e cafés. Ela ajudava na parte de higiene, qualidade e segurança, além de aplicar treinamentos para o pessoal, elaborar cardápios e ainda ensinar técnicas e receita.

O principal diferencial de seus produtos é, sobretudo, o fato de serem extremamente caseiros. Ou seja, Raquel faz tudo de forma muito artesanal e dificilmente utiliza algo industrializado. “Hoje, a minha cozinha é definida como uma cozinha familiar, gosto muito do regional, do que me traz afetividade, memórias da minha avó, minha mãe, de lugares, pessoas”.

Recentemente, para seguir divulgando o seu trabalho, ela criou o seu primeiro canal no Youtube, Raquel Togeiro Gastronomia. Nele, ela traz, não só o lado técnico da cozinha, mas também o lado afetivo, gostoso e carismático, com receitas simples e bem explicadas, para que todo mundo consiga reproduzi-las em casa.

Sua trajetória na gastronomia é recente, mas, com certeza, é apenas o pontapé de muitas outras coisas que estão por vir. Com uma facilidade excepcional para criar, tudo parte do amor, desejando sempre trazer os melhores sentimentos a quem está provando sua comida. Para o futuro, Raquel pretende seguir apostando na culinária e, deseja realizar muitas viagens gastronômicas a fim de conhecer outros países e sabores. E o Mulheres na Gastronomia vai certamente, acompanhar tudo de pertinho, com muita água na boca!


Instagram: @raqueltogeiro

Foto:  Divulgação/Raquel Togeiro

Post anterior: Tastemaker: Maria Thereza



1 thought on “Cozinha terapêutica”

  • Raquel Togeiro é uma dedicada e excelente profissional da área gastronômica. Recomendo a todos que seguem o seu canal que façam as receitas, assim como eu. São deliciosas e práticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *